Para quem atua na SAÚDE E EDUCAÇÃO e pra quem é MÃE OU PAI DE CRIANÇAS NO TEA. Vc viu a série do Fantástico sobre autismo? Sim? Aqui vc vai ver outras coisas bem diferentes. Esse documentário da BBC é tudo de bom e estimula a pensar fora da caixinha. É longo, mas tirem um tempinho e assistam, recomendadíssimo!

Contribuição de Lulu e Rosane Santiago.

Advertisements

8 responses »

  1. Franciela Tamaina do Nascimento diz:

    Olá! Meu nome é Franciela, e tenho um filho Autista de 5 anos. Moramos no Brasil, Rio grande do sul. E gostaria de saber como faço para descobrir se meu filho tem esta bactéria que falam no vídeo, e como posso fazer a dieta dele.Ele adora carne , massa mas só de um tipo, e tem intolerância a lactose, verduras não come, so fruta tomate, maçã, e morango só vermelho ha o pimentão vermelho come mas pouco pois e forte. Gostaria muito se pudessem me ajudar el agora esta tomando medicamento Risperidona 2 mg dia, frequenta a escola regular, psicologa, psicopedagoga, fonodiologa, e NÃO fala. queremos muito ver a melhora dele se puderem nos ajudar agradecemos.

  2. nara pinheiro diz:

    olá, Evellyn tudo bem? Gostaria de receber também mais informações e indicações sobre nutrição. Tenho um garotinho de 3 anos que apresenta traços de autismo ( sem diagnóstico fechado ainda), ele está sendo atendido por uma terapeuta – psicopedagoga, ainda não faz fono, estou buscando mais alguns tipos de ajuda para ele. Ele também está fazendo um vez por semana atividade fisica com professores em sala de ginástica e na piscina, projeto que existe aqui em Porto Alegre, numa escola. Segue meu e-mail : natureventos@yahoo.com.br, Nara – mãe do Matheus.

  3. Rosimeri Maria Silva diz:

    Boa noite, Evellyn, tudo bem? Moro no Rio de Janeiro e fiquei muito impressionada com sua liderança em relação ao autismo, gostaria de receber mais informações sobre a nutrição e sobre os estudos mais recentes sobre os autistas. Meu filho tem 32 anos, estuda na Escola Técnica Favo de mel e está fazendo técnico em repografia e contínuo, inclusive, estou com um problema na justiça em relação a interdição e não acho justo, uma vez que o trato com tanto carinho e sacrifício. Meu e-mail: alerosevi@oi.com.br
    Atenciosamente, Rose- mãe do Alex.

  4. Janaína diz:

    Olá Evellyn, gostaria de saber quais as terapias que você usou com sua princesa e dentre estas quais as que você acha que fizeram toda a diferença? E que mudanças aconteceram? Ví suas entrevistas com pessoas fantásticas… Parabéns pelo trabalho!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s