Nos últimos meses tenho feito movimentos de onda. Indo e voltando. Me afastando de umas coisas e me aproximando de outras. Avaliando. Acho normal e saudável.

Hoje entrei no blog depois de meses afastada e me surpreendi com a quantidade de comentários esperando aprovação. Peço desculpas. E já agradeço o carinho. Me sinto conectada com cada um, com cada história compartilhada.

De tempos em tempos eu renovo meu fôlego e meus votos com a vida. Parece coisa de livro de auto-ajuda, mas, confesso, não ligo. Eu sempre tenho uma versão melhor de mim mesma esperando quando me entrego ao inesperado.

O autismo em nossa vida é aquela coisa, entrou, nunca foi convidado, mas entrou dando com pé na porta. De vez em quando eu preciso avaliar o tamanho dele na minha cabeça. Às vezes ele mente pra mim, por um dia. Passo a acreditar que não posso, pra em seguida ter certeza que posso mais. Colocar o autismo no lugar dele leva tempo e exige auto-conhecimento. É um processo. Por que ele não foi planejado.

Chegamos em um ponto da nossa jornada de tratamento em que tudo está muito diferente; não sei dar explicação. É sempre assim esse percurso. É ir abrindo a próxima surpresinha e esperar que não venha brinquedo repetido! 😀 De qualquer forma, as coisas caminham, não estão estáticas. Quando penso que estou muito cansada vem um ventinho novo e me pego estudando mais uma estratégia pra chegar no oásis.

Sim, estamos bem. Estou feliz fazendo coisas que planejei para este ano que está quase acabando! Em dezembro não inventarei desculpas. Eu continuei remando. E tem um plus…ainda remei em águas inéditas e isso tem sido bom!

É tão importante enxergar a pessoa que se descortina nessa menina! Ela está aqui conosco, mais que nunca. Diz tanto de si mesma. Como se tivesse 30 anos, depois como se tivesse quatro. Mas já são quase 10 anos de vida da Passarinha! ( e ela está lendo meu texto todo ao meu lado e apontou para este parágrafo e disse: “ei, eu não sou a Passarinha, eu sou a Stella!”) 😀 Como queria ter gravado isso!

Faz parte dos meus planos elaborar uma forma melhor de dividir minhas experiências e sensações. Em breve sei que farei isso, sem abandonar o blog. Mas essas pausas são pra pegar fôlego, só isso. Agradeço a todos que visitam aqui. Um abraço.tempo-passagem

 

Anúncios

About Evellyn Diniz

Hoje eu sou super mãe! Me formando todos os dias nas áreas de saúde e educação. Mas antes de adquirir super poderes fui muitas coisas e ainda sou! Vendedora, professora de inglês, apresentadora de TV, editora de imagens, cantora de banda de rock e fiz faculdade de jornalismo... Atualmente sou mãe e esposa em tempo integral e cuido da casa nas horas vagas! Minhas 3 filhas são minha continuação e minha continuidade. A caçula chama-se Stella Bertille que significa estrela brilhante. Ela veio ao mundo para mudar o mundo para mim, ela veio ao mundo para brilhar! Stella está vencendo o AUTISMO. Este blog é por ela. Destina-se a ajudar pais e mães a entenderem que o PODER de fazer nossos filhos atingirem a plenitude pertence aos pais. Aqui compartilho videos, fotos, matérias, experiências e pensamentos sobre o Transtorno do Espectro do Autismo. Coloque a sua capa e sua roupa de herói que os desafios aqui não são de faz-de-conta!

One response »

  1. Quem visita é que agradece!!! Acrescenta sabe?! Vocês são muito lindas e se precisar espero mais de ano só pra poder ler algo que realmente pulsa vida!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s