Amigos,

Estamos vivendo um momento agitado nas redes sociais, mas nem todos entendem o que se passa quando veem alguns pais de autistas mudarem suas fotos de perfil para uma fita preta! Para resumir bem: Um cientista ligado ao CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA) veio a confessar que o CDC escondeu a verdade e fraudou o resultado de estudos comprovando que a relação autismo/vacina tríplice viral é muito maior do que conhecíamos ou pensávamos.

Em favor de algumas crianças autistas, principalmente aquelas que regrediram imediatamente após a vacina tríplice viral (MMR), esse é um momento de fazer justiça! Sei que a maioria das pessoas não entende a relação entre vacinas e autismo. Não vou usar esses post para explicar tudo, pois a internet está cheia de informações e todos podem facilmente ter acesso a estudos e tomar suas próprias conclusões e decisões.

Não advogo contra vacinas, sei que muitas doenças foram erradicadas do mundo à partir de sua invenção, porém, o que aconteceu foi que chegamos a um ponto onde a TOXICIDADE dos componentes nessas mesmas vacinas que tanto evitaram vidas ceifadas, estão ceifando também a qualidade de vida (e a própria vida) de milhões de crianças no mundo inteiro!

Acreditem, precisamos urgente rever o calendário vacinal! Reestabelecer critérios de segurança! Parar de andar com a boiada acreditando em tudo o que os médicos são ensinados nas faculdades – “as vacinas são 100% seguras”! – “Dê a hexa valente, dê a hepta valente, é uma furadinha só pro seu bebê”! E o pior: “Dê Tylenol para a febre!” Paracetamol! Paracetamol é comprovadamente um veneno que bloqueia as defesas naturais do corpo contra as toxinas dessas mesmas vacinas! Quem não souber, pesquise, pelo bem dos seus filhos! Não somos todos iguais! Pesquisem sobre os componentes tóxicos nestas vacinas, principalmente na tríplice viral que é uma verdadeira bomba para um organismo que, estando geneticamente pré-disposto, pode cair em desgraça imune e metabólica eterna! TDAH, TEA, alergias alimentares múltiplas, atraso de desenvolvimento são apenas alguns que posso lembrar agora.

Nesse debate acalorado sobra pouco espaço para conversas racionais. Os super a favor, da turma do todas-as-vacinas-são-seguras-e-quanto-mais-melhor condenam os pais que não vacinam mais afirmando que em nada tem a ver a incidência aumentada de autismo com o agigantamento do calendário vacinal.  Vejam bem, a última pesquisa de BIG DATA publicada dá dados importantes sobre as causas do autismo. É 50% genética e 50% gatilho ambiental – O QUE NINGUÉM QUER DISCUTIR É…se há, de fato, gatilho ambiental em 50% dessa salada, sendo que uns são mais prejudicados por ele e outros menos, QUE GATILHOS SÃO ESSES? QUE MÚLTIPLOS IMPACTOS SÃO ESSES? Pois bem, a vacina tríplice viral é UM deles! BINGO! Não é o único, mas é um dos MÚLTIPLOS IMPACTOS que engatilham o autismo em muitas crianças. Sim, porque o autismo é multifatorial.

Seria simplório afirmar que o autismo cruel, que limita, que agride, que faz sofrer…enfim, que ESSE autismo é fruto apenas de um calendário vacinal irresponsável e exagerado. Já me deparei com pelo menos 3 famílias que nunca vacinaram seu filho e, mesmo assim, esse filho é autista.

Contudo, quem convive com o autismo conhece pelo menos 20 ou 30 crianças que tiveram regressão imediata após a vacina tríplice viral + Tylenol. Sim, essa “duplinha” envenenou muitos sonhos. E eu respeito a dor e a certeza desses pais porque vivi uma história de agravamento de alergias múltiplas a cada vacina que minha filha tomou. Conto essa história com muito pesar, pois é uma triste história que pode ser contada vendo fotos e vídeos da minha pequena, as mudanças no comportamento e na saúde dela estão todos registrados! É uma história que pode ser contada pelas visitas ao pronto-socorro, todas bem documentadas, que fiz com a Stella após cada vacina. Não cabe aqui contar tudo, um dia eu conto…

Conheço centenas de pais e mães que viram o sorriso apagar, as palavrinhas e o olhar de seus filhos sumirem imediatamente após a tríplice viral. Muitos sofreram choque anafilático, muitos convulsionaram, muitos desenvolveram infecções de repetição logo após essa vacina. TODOS TIVERAM SEUS DESTINOS MUDADOS PARA SEMPRE! Somos milhares de pais com essa certeza no mundo todo. Será que alguém pode nos ouvir? É que é muito fácil para uma pessoa para quem as vacinas aparentemente só trouxeram benefícios, levantar-se e bradar: “são todos uns loucos esses pais, só querem culpar alguma coisa pelo autismo dos filhos.” Eles não estão na nossa pele!

Peço aos meus amigos que assinem essa petição. Queremos que o governo destaque uma equipe de cientistas independentes para trabalhar na pesquisa de vacinas mais “limpas” e seguras e que o calendário vacinal seja revisto para o bem das crianças do Brasil. No mínimo, deveria haver um protocolo de exames obrigatório para determinar se a criança pode ou não ser vacinada “assim ou assado”. Entendem? No dia de hoje milhões de crianças estão sendo vacinadas. Nem os pais, nem os médicos que recomendam tais vacinas sabem se essa criança está geneticamente pré-disposta para ter autismo, não sabem se a criança tem disfunção mitocondrial, mesmo assim, essa criança tomará vacinas polivalentes, tomará Tylenol e poderá ser a próxima vítima de um autismo que fabricamos na era moderna.

Vamos rever esses conceitos! A medicina não é uma ciência exata! Não faz muito tempo o CDC dizia que o cigarro não fazia mau algum a saúde! É sério! Pesquisem sobre isso! Se tem muita grana envolvida, desconfie, simples assim! A medicina não pode mais estar prostrada aos pés da BIG PHARMA e dos interesses financeiros dos governos. Quem paga com a saúde somos nós. Os nossos filhos pagaram um preço alto demais para esquecermos desse assunto tão incômodo e polêmico para toda a sociedade.

Ajudem-nos a evitar o pior para outras famílias assinando a petição, é só clicar no link abaixo, toma menos de meio minuto! Obrigada.

http://chn.ge/1tKNWRp

Anúncios

About Evellyn Diniz

Hoje eu sou super mãe! Me formando todos os dias nas áreas de saúde e educação. Mas antes de adquirir super poderes fui muitas coisas e ainda sou! Vendedora, professora de inglês, apresentadora de TV, editora de imagens, cantora de banda de rock e fiz faculdade de jornalismo... Atualmente sou mãe e esposa em tempo integral e cuido da casa nas horas vagas! Minhas 3 filhas são minha continuação e minha continuidade. A caçula chama-se Stella Bertille que significa estrela brilhante. Ela veio ao mundo para mudar o mundo para mim, ela veio ao mundo para brilhar! Stella está vencendo o AUTISMO. Este blog é por ela. Destina-se a ajudar pais e mães a entenderem que o PODER de fazer nossos filhos atingirem a plenitude pertence aos pais. Aqui compartilho videos, fotos, matérias, experiências e pensamentos sobre o Transtorno do Espectro do Autismo. Coloque a sua capa e sua roupa de herói que os desafios aqui não são de faz-de-conta!

2 responses »

  1. ticiane diz:

    Vc pode passar seu email pra contato? Estou demasiadamente preocupada depois de ler este artigo! Por favor responda no meu email se puder! Muito obrigada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s