A cena é a seguinte:

Estou na cozinha e falo ao telefone com a diretora da escola da Stella. Sou informada que não haverá aula para a Stella. Houve uma situação emergencial com a professora e não há substituta para hoje.

Pergunto sobre o restante da semana, se haverá aula, se a Secretaria mandará alguém…

Olhando de soslaio vejo que Stella está sem roupa em frente ao espelho do corredor. Mais um segundo e ela volta com o maiô na mão.

Desligo o telefone e sigo andando em direção a ela porque algo me diz que ela já entendeu a situação.

-Escola não, piscina! – Diz.

Aí eu tenho que sair e deixar a irmã dela na escola. Ela ficou em casa com o pai, de maiô, pois sabe que vai rolar uma piscina mais tarde. 

Resolvo trazer um presente pra ela. Um quebra-cabeças de 100 peças! Passo na loja e compro pensando que ela precisa de muitas atividades interessantes, pois estou decidida a deixá-la longe do computador por algumas semanas. Quero “engessar” esse lado muito habilidoso dela de mexer no PC e exercitar a outra parte, de escrever, rabiscar e desenhar com mais frequência. Tá aí como ficou a mesa (que era do PC) e agora está cheia de atividades livres pra ela escolher durante o dia.

Imagem

Esse negócio do computador é pra um post inteiro que tentarei escrever depois. Agora preciso contar como ela me surpreendeu pela segunda vez hoje.

Quando cheguei em casa com o quebra-cabeças embalado pra presente ela logo gritou da janela.

-Viva! Ri-happy! (conheceu a sacola!)

Entreguei o presentinho a ela e daí seguiram-se quase duas horas de pura esperteza. Ela não abriu. Olhava pra mim e dizia assim:

-Obrigada mamãe! Feliz aniversário…festa de aniversário!

Ou seja, ela queria que eu promovesse uma festinha pra justificar o presente! Um dia ela vai me explicar em detalhes o que se passou na cabecinha dela nesse dia de hoje. Toda vez que eu explicava que “não vai ter festa, abre logo!”, ela sorria de canto de boca e me olhava desconfiada. Acho que ela pensou que tentando mais uma vez talvez pudesse me convencer. Ou, quem sabe, ela esteja curiosa com o fato de ter recebido um presente assim, a toa, sem motivo justificado! 

O presente simplesmente ficou “passeando” com ela pela casa por duas horas. Até que, convencida da ausência da festa, ela quis abrir.

Imagem

Ainda de maiô ela começou a montagem do quebra-cabeças. E acabou desistindo da piscina.

 

Saber que ela entende o contexto das coisas é fascinante. Outro dia quando perguntei do dente mole ela disparou:

-Fada do dente…presente!

Imagem

Estamos vivendo dias de agitação. São dias de comportamento opositivo forte, ela fala muitos NÃOS. Anda na nossa frente, pisa no nosso pé. Faz carinhos não tão delicados. Quando peço um beijo ganho vários como se quisesse dar a “cota” de beijos da semana num minuto só.

Não vou entrar nos detalhes biológicos, nem sensoriais. Deixa eu investigar mais esses ciclos de tempestade e calmaria dela, depois eu conto aqui no blog. É coisa digna de CSI e Sherlock Holmes!

Hoje foi um dia assim. Cheio de dúvidas. Porque a menina que está fazendo tantos progressos se desorganiza de repente e me desorganiza por consequência. Ela não regride, ela só progride. Essa percepção fantástica de tudo é meu prêmio! Ouve minha conversa ao telefone, entende, toma uma decisão…piscina! Depois pede uma festa. Monta um quebra-cabeças novo de 100 peças em minutos! Por outro lado está uma fera! Bravinha que só ela! Mandona.

O dia acabou as 23h com um banho morno só eu e ela. Tive que chamar o “monstro do banho” pra colocá-la debaixo do chuveiro. (o monstro sou eu também, só que com voz de monstro!).

Conversei com ela na calmaria branca do vapor dentro do box do chuveiro. Tentei entender, tentei uma resposta, uma pista. Ao invés disso ela me ensinou como fazer os movimentos “mágicos” do Tri-Fu-Tom. Alheia aos meus dilemas que a envolvem. Porque na verdade eles não existem pra ela. Assim como o Tri-Fu-Tom não existe pra mim.

Então deixei, como na mágica do personagem, evaporar todo o medo com o vapor desse banho.

Amanhã, assim como hoje, ela vai chegar onde ninguém poderia imaginar. Tudo vai se acalmar novamente, repito pra mim mesma. Nem eu, nem ela, paramos de tentar, nunca! 

 

 

Anúncios

About Evellyn Diniz

Hoje eu sou super mãe! Me formando todos os dias nas áreas de saúde e educação. Mas antes de adquirir super poderes fui muitas coisas e ainda sou! Vendedora, professora de inglês, apresentadora de TV, editora de imagens, cantora de banda de rock e fiz faculdade de jornalismo... Atualmente sou mãe e esposa em tempo integral e cuido da casa nas horas vagas! Minhas 3 filhas são minha continuação e minha continuidade. A caçula chama-se Stella Bertille que significa estrela brilhante. Ela veio ao mundo para mudar o mundo para mim, ela veio ao mundo para brilhar! Stella está vencendo o AUTISMO. Este blog é por ela. Destina-se a ajudar pais e mães a entenderem que o PODER de fazer nossos filhos atingirem a plenitude pertence aos pais. Aqui compartilho videos, fotos, matérias, experiências e pensamentos sobre o Transtorno do Espectro do Autismo. Coloque a sua capa e sua roupa de herói que os desafios aqui não são de faz-de-conta!

3 responses »

  1. Marlene Freitas diz:

    Linda história recheada de amor. Sou arte educadora, não tenho nenhum filho ou neto com o espectro do Autismo. Tenho amigos e me preocupo com crianças. Todas. Com seus problemas, suas angústias, suas fragilidades, sua força. Sou também contadora de histórias e quero muito conhecer essas crianças. Grande abraço e força sempre…

  2. Raimunda Queiroz diz:

    Sempre me emociono com os relatos de você e sua filha, sei que não é simples mas a maneira com que você conduz parece-me fácil, e isso eu não consigo com a minha Gabriela que tem 9 anos e é diagnosticada com o espectro do autismo. Não sei o que me falta para conduzi-la à nos fazer entende-la mas acompanhando seu blog sinto vontade de mudar minha conduta com ela e tentar trazê-la para mais perto de mim, obrigada por encher nossos corações de esperança.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s